NAP - FisMed

 

O Núcleo de Apoio à Pesquisa em Física Médica, NAP - FisMed, do Departamento de Física, da USP de Ribeirão Preto, foi formado em 2012 a partir do incentivo da Pró-reitoria de Pesquisa da Universidade de São Paulo. Sob a coordenação do Professor Doutor Oswaldo Baffa Filho, o NAP-FisMed tem como objetivo proporcionar um ambiente ótimo para uma Abordagem transdisciplinar para estudo e desenvolvimento em diagnóstico, terapia e modelagem de câncer.

O câncer é o segundo responsável por mortes por doença em todo o mundo, concentrando esforços da comunidade científica para a compreensão de sua dinâmica de desenvolvimento e evolução e para o desenvolvimento de técnicas de diagnóstico e tratamento mais efetivos.

Dentre as técnicas mais utilizadas para a detecção e o tratamento de câncer estão aquelas que utilizam radiações ionizantes, tendo estas sido desenvolvidas a mais de um século a partir de pesquisas em áreas básicas da Física. O desenvolvimento de equipamentos de diagnóstico por imagem utilizando radiações ionizantes e, mais recentemente, através de ressonância magnética nuclear e ultrassom, proporciona o meio mais utilizado para detecção inicial de lesões suspeitas da doença. Da mesma forma, a radioterapia é uma das principais modalidades de terapia de câncer, sendo utilizada em, aproximadamente, metade dos casos diagnosticados da doença.

A Física Médica, uma área relativamente nova do conhecimento que visa utilizar as teorias da Física no estudo, modelagem e solução de problemas em aplicações biológicas, nasceu, exatamente, a partir dos estudos para a aplicação de radiações ionizantes para a produção de imagens médicas e para a terapia de câncer. Além do radiodiagnóstico e da radioterapia, áreas tradicionais da Física Médica, destacam-se como as áreas de desenvolvimento mais recentes da Física Médica aquelas ligadas ao estudo do desenvolvimento e evolução de sistemas dinâmicos através do uso de teorias de física estatística, que podem auxiliar significativamente em pesquisas com aplicações em saúde e, especificamente, no estudo e modelagem de crescimento e controle de tumores, além do desenvolvimento de técnicas de diagnóstico com radiações não-ionizantes, como ultrassom e luz.

Desta forma, o NAP-FisMed, prevê a pesquisa de diferentes métodos de diagnóstico, terapia e modelagem de tumores, visando propor técnicas que possam facilitar a prática clínica, buscando métodos não-invasivos e/ou mais eficientes e barateando procedimentos através do desenvolvimento de instrumentação específica e de técnicas apropriadas.

Português, Brasil